Notícias CAPES divulga selecionados para Amazônia Legal
Programa Estratégico

CAPES divulga selecionados para Amazônia Legal

Publicado: Quarta, 02 Setembro 2020 11:20 , Última Atualização: Quarta, 02 Setembro 2020 11:20

O Programa atende a todos os estados da Amazônia Legal, com foco em oito áreas temáticas

02092020 foto dentro materia amazonia legal

Sessenta e quatro propostas foram aprovadas no resultado preliminar do Programa de Desenvolvimento da Pós-Graduação (PDPG) na Amazônia Legal da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), divulgado no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 02. Oitenta projetos foram apresentados à seleção, regida pelo Edital nº 13/2020.

Cada proposta contará com um investimento total de até R$627 mil, sendo R$200 mil em recursos de custeio, até duas bolsas de mestrado, por 24 meses, duas de doutorado, por 36 meses, e quatro de pós-doutorado, por um ano. O resultado final está previsto para ser divulgado ainda em setembro e a implementação dos projetos deve começar a partir de outubro deste ano.

A iniciativa vai incentivar o desenvolvimento dos programas de pós-graduação (PPGs) stricto sensu, em áreas estratégicas na região da Amazônia Legal, que envolve os estados do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. Suas atividades vão contribuir para o equilíbrio regional da pós-graduação brasileira, por meio da fixação de pesquisadores de alto nível nas instituições de ensino superior (IES) envolvidas. Além disso, vai ampliar a produção científica e tecnológica naquela área, intensificando o seu impacto regional.

Com foco em pesquisas relacionadas à Amazônia, a seleção considerou como área estratégica: biotecnologia, biodiversidade, conservação e recuperação ambiental, saúde pública, doenças tropicais e tecnologias para o trabalho em saúde, combate e prevenção voltados ao enfrentamento de epidemias, engenharias, tecnologia de informação e comunicação, clima, energia e recursos hídricos, produção animal e vegetal sustentável, e diversidade sócio cultural, sustentabilidade e atividades socioeconômicas.

Amazônia Legal
O conceito de Amazônia Legal foi instituído em 1953 e seus limites territoriais surgiram da necessidade de planejar o desenvolvimento econômico daquela região. A Amazônia Legal corresponde a 59% do território brasileiro e engloba oito estados – Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins – e parte do Maranhão.

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES

Compartilhe o que você leu