Notícias Zootecnia contribui para o desenvolvimento do País
AGRONEGÓCIO

Zootecnia contribui para o desenvolvimento do País

Publicado: Quarta, 02 Setembro 2020 16:12 , Última Atualização: Quarta, 02 Setembro 2020 16:12

Benedito Aguiar, presidente da CAPES, pede à academia que olhe para os problemas do país e afirma que a área segue esse padrão

02092020 FOTO DENTRO FORUM VIRTUAL ZOOTECNIA

Zootecnia e recursos pesqueiros compõem uma área importante do agronegócio brasileiro e são fundamentais para a economia do país. Em fórum virtual com coordenadores de programas de pós-graduação na área, o fato de as pesquisas voltadas para o tema beneficiarem a sociedade foi ressaltado por Benedito Aguiar, presidente da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Aproximar a academia da sociedade é um dos objetivos traçados pela atual gestão da Fundação.

O presidente da CAPES citou o peso do agronegócio para as exportações brasileiras. “Dos 10 principais produtos para exportação da balança brasileira, sete são do agronegócio”, disse. Ao apresentar o cenário da pós-graduação do país, Aguiar observou que, historicamente, a CAPES tem formado pessoal para a academia. Entretanto, um dos aspectos a serem trabalhados para o próximo Plano Nacional de Pós-Graduação — com início em 2021 — é a aproximação maior para a solução de problemas do Brasil. “Tenho observado que a área de zootecnia e recursos pesqueiros tem esse olhar voltado para o mundo do trabalho, o aproveitamento do conhecimento para a produção de inovação.”, comentou.

Como exemplo do que tem sido feito pela Coordenação para aproximar as universidades da sociedade, Aguiar falou do modelo multidimensional de avaliação dos programas de pós-graduação (PPG) formulado neste ano e que levará em conta as diferentes vocações das áreas e realidades regionais. É uma forma de saber quais as necessidades e qual o impacto dos PPGs. O presidente da CAPES também falou sobre programas estratégicos e emergentes, para reduzir assimetrias e melhorar o conceito de cursos notas 3 e 4, maioria em regiões como o Norte e o Centro-Oeste.

02092020 FOTO DENTRO FORUM VIRTUAL ZOOTECNIA 02

Outra participante da videoconferência foi Zena Martins, diretora de Programas e Bolsas no País da CAPES. Ela lembrou que houve a implementação de um modelo de concessão de bolsas, até então inexistente na Coordenação, e um crescimento de 80.272 para 84.269 de auxílios, depois de adotado o novo método, baseado na avaliação dos PPGs. Citou, ainda, um aumento no número de bolsas de doutorado na área de zootecnia e recursos pesqueiros: de 879, em 2019, para 953, em 2020. “2019 foi um ano de organizar a casa e 2020 de implementar novos modelos. Temos trabalhado observando necessidades de alterações e metas do Plano Nacional de Educação”, afirmou.

Sérgio Avellar, diretor substituto de Avaliação da CAPES, também participa do evento, na última parte da videoconferência. Seu tema será fusão de cursos e de programas de pós-graduação.

O Fórum
O Fórum de Coordenadores de Programas de Pós-Graduação em Zootecnia e Recursos pesqueiros é um evento anual, organizado pela Sociedade Brasileira de Zootecnia. O objetivo é aproximar os coordenadores e representantes da CAPES, com temas relacionados à área em debate. A área de zootecnia e recursos pesqueiros conta com 70 PPGs no país, 65 acadêmicos e cinco profissionais. O impacto das publicações fica entre 0,95 e 0,98, próximo à média mundial. “A quantidade programas profissionais é baixa, mas é preciso observar que a produção acadêmica tem aplicabilidade alta no dia a dia”, observou Ronaldo Lopes Oliveira, coordenador da Área de Zootecnia e Recursos Pesqueiros da CAPES.

A Sociedade Brasileira de Zootecnia (SBZ) transmite o encontro em seu canal do YouTube. O encerramento está previsto para as 17h30. O mediador do fórum é Patrick Schmidt, presidente da SBZ, que na abertura falou sobre o fato de o agronegócio ter tido alta apesar da retração de 9,7% do Produto Interno Bruto (PIB) no contexto da pandemia: “O agronegócio brasileiro apresentou aumento de 0,4% em relação ao trimestre anterior, mesmo em um ambiente de queda mundial da economia”.

Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES

Compartilhe o que você leu