Notícias UFF publica livro científico para crianças
EDUCAÇÃO BÁSICA

UFF publica livro científico para crianças

Publicado: Quarta, 23 Setembro 2020 15:15 , Última Atualização: Quarta, 23 Setembro 2020 15:17

Obra explica a paleoparasitologia, estudo de parasitas em materiais arqueológicos e paleontológicos, com linguagem simples e de forma interativa

“A Ciência é libertadora e transforma a vida das pessoas”. Com essa frase, Daniela Leles e Fernanda Guimarães abrem o livro Paleoparasitologia na educação básica, desenvolvido para despertar o interesse de estudantes da educação básica por assuntos científicos. Bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), Fernanda teve na obra um dos produtos de sua dissertação, orientada por Daniela.

Publicado este ano, o livro é gratuito e está disponível no repositório da Universidade Federal Fluminense (UFF). São 108 páginas dedicadas à paleoparasitologia, o estudo de doenças do passado, com análise de formas parasitárias em materiais arqueológicos e paleontológicos, como fósseis. A linguagem é simples e há atividades para fazer com crianças e adolescentes. As autoras são integrantes do Programa de Pós-Graduação em Microbiologia e Parasitologia Aplicadas da UFF.

O livro nasceu de um projeto de extensão que a dupla realiza em escolas de Niterói (RJ), chamado “Paleoparasitologia para todos”. Em um primeiro momento, Daniela e Fernanda contavam histórias sobre o tema em oficinas. A ideia evoluiu para um livro infantil e uma cartilha de atividades, ambos em papel. “Queríamos contribuir para que as atividades que realizamos nas escolas fossem reproduzidas independentemente da nossa presença”, recorda Fernanda. Para que o alcance fosse maior, veio o e-book.

Apesar de ter sido tema de mestrado, o trabalho de Fernanda sob a orientação de Daniela vem desde a graduação. “Além do livro, temos um canal de YouTube, criado há pouco tempo, e um perfil no Instagram”, diz Daniela. O projeto ainda conta com um site.

O trabalho continua. Fernanda ingressou no doutorado no mesmo programa de pós-graduação. Ainda não há confirmação de bolsa, mas a orientadora já é conhecida: Daniela. E, como elas mesmas afirmam, o objetivo é passar o conhecimento para frente. Em um período de isolamento social e um contingente considerável de pessoas em casa, o livro pode ser uma leitura lúdica e didática para pais e responsáveis, crianças e adolescentes.

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES

 

 

Compartilhe o que você leu