Notícias Atuação da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência é debatida em sessão comemorativa
Reunião Anual da SBPC

Atuação da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência é debatida em sessão comemorativa

Publicado: Segunda, 23 Julho 2018 18:28 , Última Atualização: Segunda, 23 Julho 2018 19:03

Em comemoração aos 70 anos da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), aconteceu nesta segunda-feira, 23, uma sessão coordenada pelo presidente da entidade, Ildeu Castro Moreira, com a presença dos ex-presidentes Ennio Candotti, Sérgio Mascarenhas, Otávio Guilherme Cardoso Alves Velho, Marco Antonio Raupp e Helena Nader, no auditório da Reitoria da Universidade Federal de Alagoas, em Maceió.

Registros da atuação da SBPC desde 1948, ano de sua criação, foram apresentados como a atuação na criação de instituições e agências, entre elas a CAPES e a Universidade de Brasília (UnB), na década de 50, a proposta de criação do Ministério da Ciência e Tecnologia até sua concepção, na década de 60, parcerias internacionais, na década de 90, instituição da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, nos anos 2000 e inúmeras outras atividades para divulgação científica, além de grande atuação no Parlamento, após 2010.

WhatsApp Image 2018 07 23 at 17.33.19

Depoimentos

Raupp, presidente da SBPC de 2007 a 2011, enalteceu o discurso proferido pelo atual dirigente na abertura, quando Ildeu falou sobre a atuação da entidade na “defesa e no ataque”. “Além de defender os avanços, a SBPC também atua no ataque ao lutar pela segurança do que já foi feito e não pode ser perdido. A todos os envolvidos nas atividades desta Sociedade, é importante que não apenas critiquem e exijam as condições favoráveis para desenvolver os propósitos, mas que também contribuam efetivamente com ideias e que executem bem as tarefas quando convocados. É muito importante defendermos essa entidade que promove com primor o desenvolvimento do país, sempre com grande responsabilidade.”

A última presidente, de 2011 a 2017, Helena Nader, revelou ser atualmente a sócia mais antiga da SBPC, desde 1969, quando ainda era estudante de graduação. “Depois disso, nunca mais me separei. Agradeço a oportunidade de atuar mais intensamente ainda nos dez últimos anos e à chance de poder crescer como pessoa e cidadã. Tive e tenho um privilégio que poucas pessoas tiveram de poder dialogar com o Congresso Nacional em defesa da ciência. A SBPC sozinha não consegue fazer toda a interlocução que precisa. Para isso, mais pessoas precisam abrir mão de suas rotinas e atuar em nome desse diálogo. Me sinto honrada de poder ter presenciado isso durante esses anos.”

Também presente na sessão comemorativa, o ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, revelou satisfação em trabalhar juntamente com a SBPC e enfatizou a importância das conquistas e lutas em favor da ciência brasileira e dos enfrentamentos durante a história, embasados em idealismo e espírito público. “As preocupações da SBPC também são as nossas. É inquestionável que nenhum país no mundo consegue evoluir senão por meio da pesquisa e inovação. Tenho imensa admiração pelos organizadores desse encontro, que a cada ano se supera mais, mostrando avanços da sociedade brasileira para o país.”

Lançamentos

Ao final da sessão comemorativa, foram lançadas duas publicações. A primeira, “Embates em torno do Estado Laico” (disponível para download aqui). O livro, organizado pela secretária da SBPC, Claudia Masini d’Avila-Levy, e pelo professor emérito da UFRJ e coordenador do GT da SBPC sobre o tema, Luiz Antônio Cunha, reúne textos de renomados cientistas, que apresentam o conceito de Estado Laico e debatem o impacto da não laicidade sobre a ciência, a política, o ensino, a saúde, as pesquisas biomédicas, a sexualidade e os direitos das mulheres.

A outra obra é “José Reis: reflexões sobre a divulgação científica”, organizado pela jornalista e pesquisadora do Núcleo de Estudos da Divulgação Científica do Museu da Vida, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Luisa Massarani, em parceria com Eliane Monteiro de Santana Dias, gestora da Biblioteca de História das Ciências e da Saúde – Casa de Oswaldo Cruz. O livro reúne textos em que o médico, pesquisador, jornalista e educador José Reis, ícone da divulgação científica brasileira, discute as formas e possibilidades de comunicar e popularizar a ciência.

Evento

A Reunião Anual da SBPC segue até o dia 28 de julho. A programação científica conta com conferências, mesas-redondas, encontros, sessões especiais, minicursos e sessões de pôsteres (que inclui a Jornada Nacional de Iniciação Científica). Também são realizadas outras atividades, como a SBPC Jovem (exposição voltada para estudantes do ensino básico e público em geral), a ExpoT&C (mostra de ciência e tecnologia), a SBPC Cultural (apresentação de atividades artísticas regionais e discussões sobre temas relacionados às artes e à cultura), e a SBPC Afro e Indígena (conferências e mesas-redondas que abordam essas temáticas).

WhatsApp Image 2018 07 23 at 17.35.47

Durante o evento, a CAPES está com estande localizado na ExpoT&C, onde presta informações sobre os diversos programas da Fundação. Nesta terça-feira, 24, às 10h30, acontecerá, no espaço destinado no estande, um treinamento sobre o Portal de Periódicos, aberto para todo o público do evento.

Também no dia 24, às 15h30, a diretora de Avaliação, juntamente de Lia Zanotta Machado (UnB) e Ivan da Costa Marques (UFRJ), fará parte da mesa-redonda que debaterá o tema “A avaliação da pós-graduação: o lugar das ciências humanas, sociais e sociais aplicadas”, no Auditório da Biblioteca Central da UFAL.

Confira aqui a programação completa do evento.

(Natália Morato – Maceió/AL – CCS/CAPES)

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura “CCS/CAPES"

Compartilhe o que você leu