Sala de Imprensa Sala de Imprensa Notícias CAPES integra Programa Ciência Na Escola
100 DIAS

CAPES integra Programa Ciência Na Escola

Publicado: Quinta, 11 Abril 2019 18:29 , Última Atualização: Sexta, 12 Abril 2019 09:49

A CAPES vai implantar em todo o país o curso de Especialização em Ensino de Ciências – Anos finais do Ensino Fundamental “Ciência é Dez!”, voltado aos professores que ensinam esta disciplina do 6° ao 9° ano do ensino fundamental. A iniciativa faz parte do Programa Ciência na Escola, lançado nesta quarta-feira, 11, como meta dos cem dias do Governo Federal.

O programa é uma ação dos Ministérios da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), da Educação (MEC), da CAPES e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). A chamada para que as instituições participem será lançada ainda em abril.

O objetivo do Ciência na Escola é melhorar o ensino de ciências na educação básica, incentivar o aprendizado pela investigação, aumentar a qualificação de professores, estimular o interesse dos alunos pelas carreiras científicas e pelo uso de novas tecnologias, fortalecer a interação entre escolas e instituições de ensino superior, democratizar o conhecimento e popularizar a ciência.

O Ciência é Dez! irá oferecer quatro mil vagas em todo o Brasil, por meio da Universidade Aberta do Brasil (UAB), que oferta curso a distância em mais de 900 polos. “A partir do atingimento desta primeira meta, nossa ideia é que o impacto sobre os estudantes da rede pública chegue a 400 mil alunos”, argumenta Carlos Lenuzza, diretor de Educação a Distância e Formação de Professores da Educação Básica da CAPES.

Para Anderson Correia, presidente da CAPES, “o Ciência é10! se enquadra na proposta do Ministério da Educação de reconhecimento da CAPES como elo central do programa de formação de professores em nível nacional, nas esferas federal, estadual e municipal, a partir de parcerias.”
A diferença deste curso está na sua forma pedagógica. É uma especialização que não tem um material didático específico. O curso instiga os professores-alunos a buscarem conteúdos em sites e matérias pré-selecionadas pela comissão pedagógica. Estes, depois de estudados, são aplicados em sala de aula.

Além do Ciência é 10!, a CAPES tem outros programas voltados à formação de professores: Pibid, focado na iniciação da docência, Parfor, de capacitação, Proeb, de mestrado profissional, a Universidade Aberta do Brasil (UAB) e o Residência Pedagógica.
Mais informações: https://c10.capes.gov.br/ e https://www.ciencianaescola.gov.br

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES

Compartilhe o que você leu